Pelo menos 41 polícias morreram quando um autocarro que os transportava caiu de uma ponte na região noroeste da Argentina, avança a AP.

As causas do acidente, que ocorreu hoje de madrugada, permanecem desconhecidas, de acordo com Gustavo Solis, presidente da câmara de Rosario de la Frontera, na província de Salta. No entanto,  de acordo com a Polícia de Salta, o rebentamento do pneu direito à frente terá estado na origem do acidente.

O responsável local relatou que o autocarro, que transportava 60 elementos das forças policiais, despistou-se e caiu de uma ponte, com 15 metros de altura, no leito seco de um rio.

Os sobreviventes foram transportados para o hospital de San José Metán e da província de Tucumán.