"Pare, escute e olhe" são seguramente recomendações que as autoridades polacas divulgam constantemente, devido aos inúmeros acidentes ocorridos em passagens de nível. Diz a página na internet da campanha "Pasagem Segura" (Bezpieczny Przejazd) que, em julho, se registaram "18 acidentes e colisões", que causaram três mortos e dois feridos graves.

Para alertar os polacos face aos perigos das passagens de nível, a companhia ferroviária divulga vídeos captados por câmaras de segurança mostrando situações de perigo iminente.

O mais recente ocorreu perto da cidade de Koszalin, no noroeste da Polónia, na passada segunda-feira. Um Volkswagen Golf não pára na cancela, atravessa os carris e ainda com a traseira rente à linha, por pouco não é trucidado pelo comboio rápido que liga as cidades de Słupsk e Białogard.

No mesmo filme, num segundo momento, é mostrado o mesmo acidente gravado pelas câmaras de segurança da companhia ferroviária colocadas no ângulo inverso. Aí se percebe ter havido um toque, mesmo que de raspão, do comboio na traseira do carro.

É visível a amolgadela. As quatro mulheres que seguiam no automóvel saem. Três delas seguem então a pé pela berma e a condutora regressa ao carro e encosta-o na berma mais à frente.

Depois, soube-se que a polícia chegou. Segundo o site na internet koszalininfo.pl, a condutora tinha 48 anos. Nem ela, nem as acompanhantes ficaram feridas. Nenhuma acusava álcool ou substâncias psicotrópicas no sangue. Pagou uma multa de 500 zlotys, cerca de 117 euros.