Pelo menos três polícias ficaram feridos, no sábado, em dois ataques cometidos por desconhecidos contra patrulhas no departamento colombiano de Arauca, na fronteira com a Venezuela, informaram fontes policiais em Bogotá.

O primeiro incidente ocorreu na localidade de Araquita, onde o subcomandante da esquadra da polícia, cuja identidade não foi confirmada, ficou ferido numa perna durante um “ataque direto” contra uma patrulha de vigilância.

As causas e responsáveis da agressão estão a ser investigadas, disse à agência espanhola Efe um porta-voz da polícia.

Outros dois agentes ficaram feridos no sábado em Arauca, a capital homónima do departamento, num atentado contra um veículo policial.

Em Arauca há elementos da guerrilha do Exército de Libertação Nacional ()ELN), que desde fevereiro mantém diálogos com vista a iniciar um processo de paz com o governo colombiano, com o qual acordou um cessar-fogo que vai entrar em vigor no próximo domingo, 01 de outubro.

Naquela zona fronteiriça do nordeste da Colômbia operam grupos criminosos e de contrabandistas, referem as autoridades.