Trinta e três pessoas foram detidas em Hong Kong na sequência de novos confrontos entre a polícia e os manifestantes que tentavam recuperar um local de protesto desmantelado na véspera pelas autoridades, anunciaram este sábado as autoridades.

Os manifestantes, que eram cerca de 9.000 cerca das 03:00 (20:00 de sexta-feira em Lisboa), conseguiram voltar a ocupar uma artéria do densamente povoado bairro de Mongkok, na península de Kowloon.

Quinze polícias ficaram feridos nos confrontos, indicou a polícia em comunicado.