A polícia americana divulgou um vídeo onde pode ver-se que o jovem baleado na manifestação que assinalou um ano da morte de Michael Brown, em Ferguson, nos EUA, transportava uma arma. As filmagens não mostram, contudo, o jovem a disparar a pistola contra a polícia.

Na gravação, filmada por uma câmara de vigilância de um escritório, pode ver-se Tyrone Harris Junior, de 18 anos, a pegar numa arma, segundos depois de ter soado a primeira troca de disparos. O vídeo de 13 segundos não mostra, no entanto, Tyrone a disparar a pistola, como as autoridades alegam.

As autoridades garantem que o jovem abriu fogo contra os agentes, quando estes tentavam apaziguar uma disputa entre dois grupos rivais. Nessa altura, Tyrone terá disparado a primeira vez contra um carro com polícias à paisana e uma segunda contra os polícias, antes de estes o abaterem.

Segundo o The Guardian, as autoridades locais afirmam ter descoberto no local uma arma de 9mm semiautomática, que tinha sido roubada.

No entanto, na gravação não é possível ver qualquer carro da polícia ou agente e nunhum dos polícias trazia consigo uma câmara para comprovar as alegações.

O rapaz encontra-se em estado grave no Hospital Barnes Jewish, em St. Louis. Tyrone enfrenta agora quatro acusações de violência em primeiro grau contra agentes da autoridade, cinco acusações por ação criminal à mão armada e uma acusação por disparar contra um veículo.