A polícia belga deteve na noite de sexta-feira dois irmãos, suspeitos de estarem a preparar um atentado na Bélgica. A operação decorreu na região da Valónia.

De acordo com o La Deurnière Heure (DH), os dois irmãos, Nourredine H., de 33 anos, e Hamza H., estavam a preparar um ataque terrorista.

Em comunicado, o Ministério Público adiantou que os dois homens devem ser presentes a um juiz ainda durante este sábado. 

"Com base nos resultados preliminares da investigação, podemos dizer que tinham planos para atacar a Bélgica", consta na nota divulgada.

Os suspeitos foram detidos na sequência uma investigação anti-terrorismo da polícia federal belga. 

As autoridades realizaram sete buscas domiciliárias entre quinta-feira e sexta-feira à noite, concretamente em Mons e Liège. 

Nas operações não foram encontradas armas ou explosivos.

De acordo com a agência de notícias AFP, a investigação da polícia federal não está relacionada com os atentados de 22 de março, no aeroporto de Bruxelas, nem com o ataque na estação de metro Maelbeek, no centro da capital. 

No entanto, estes são apenas dados provisórios e, segundo a imprensa belga, mais nenhuma informação será prestada no interesse da investigação.

Recorde-se que a Bélgica mantém-se em alerta máximo desde os atentados de 22 de março, reivindicados pelo Estado Islâmico.