A polícia britânica acredita que o grupo terrorista Estado Islâmico pode estar a preparar um ataque “espetacular” no Reino Unido, o próximo passo “natural”, depois dos ataques de Paris.

O Comissário Assistente da Polícia Metropolitana de Londres (Scotland Yard), Mark Rowley, responsável pela equipa contraterrorista do Reino Unido disse, esta segunda-feira, em conferência de imprensa, que está provado que os ataques do EI deixaram de ser direcionados para a polícia e militares, e que o objetivo do grupo é atacar “o estilo de vida ocidental”, o que coloca o Reino Unido em risco. 

Como escreve o Daily Mail, Mark Rowley disse que o EI está a planear “ataques maiores” em todo o mundo, e o Reino Unido está entre os países prioritários. O comissário acredita que os terroristas podem estar à espera de eventos que reúnam um número significativo de pessoas, como as comemorações do 90.º aniversário da rainha, nos meses de abril, maio e junho.

“Nos últimos meses vimos (…) muitos mais planos de ataques ao ‘estilo de vida’ ocidental, [sendo exemplo] os ataques de Paris em novembro. (…) [O grupo terrorista] está a deixar [os ataques] à polícia e militares, símbolos de Estado, para algo mais alargado. Vemos um grupo que tem ambições para ataques enormes e espetaculares, não só o género que têm sido praticados até agora. (..:) Vemos que estão a preparar ataques maiores”.

O número de detidos por suspeitas de terrorismo aumentou 57% nos últimos três anos, comparado com os três anos anteriores, afirmou Rowley, que em novembro já tinha admitido que, em média, todos os dias é detido um suspeito, de forma a prevenir qualquer ato terrorista.

Jihadistas conhecidos das autoridades estão, também, a ser detidos pela mesma razão, e pelo menos metade acabam acusados de crimes.

Em 2015, 77% dos detidos eram cidadãos britânicos, 14% dos quais eram mulheres e 13% tinham menos de 20 anos.

O comissário adiantou, ainda, que o Reino Unido tem agentes na França e Bélgica a “recolher informação” sobre o Estado Islâmico, de forma a prevenir ataques como os de Paris.