A polícia espanhola intercetou este domingo em Madrid um camião de transporte de frutas cuja carga de ananases continha 67 quilos de cocaína escondidos. Proveniente da Costa Rica, a droga entrou na Península Ibérica através do porto de Setúbal.

Os ananases foram revistos, um a um, pelas autoridades espanholas, depois de terem achado que aquelas peças de fruta não eram comuns.

Desencadeada a operação, a Policia Nacional espanhola encontrou no interior dos ananases parafina amarela que simulava o recheio e impedida que a cocaína escondida fosse descoberta através do olfato.

A carga de fruta viajou até ao continente europeu pelo Oceano Atlântico e chegou a terra pelo porto de Setúbal, em Portugal. Daí, seguiu de camião até à capital espanhola, onde acabou por ser descoberta pela polícia.

Durante a operação foram detidas sete pessoas.