A Polícia Nacional espanhola deteve 17 pessoas relacionadas com um dos maiores roubos de jóias perpetrado em Madrid em 2012 e com o qual os ladrões obtiveram rendimentos superiores a 23 milhões de euros.

Entre os detidos ¿ autores materiais, intermediários e recetadores das jóias ¿ está o mentor do golpe, conhecido como o «Troll», refere um comunicado da polícia espanhola.

Os ladrões acederam em dezembro de 2012 à empresa Diarsa tendo esvaziado dois cofres-fortes apoderando-se de mais de 1.700 relógios de prestigiadas marcas suíças.