Pablo Iglesias reconheceu, este domingo, os maus resultados obtidos pela coligação que encabeçou entre o Podemos e a Izquierda Unida nas eleições que tentaram por um ponto final no impasse político que a Espanha atravessa.

Não estamos nem um pouco satisfeitos com os resultados”, reconheceu Pablo Iglesias, num discurso aos apoiantes, este domingo à noite.

Iglesias tentou suavizar os resultados e falou em “gestão dos momentos menos doces”: “A maturidade em política é também gerir os momentos doces e os menos doces”. E diz que não se arrepende de não ter apoiado Pedro Sánchez. O líder do Podemos é também claro quando sublinha as “incompatibilidades programáticas” com o Ciudadanos e o PP.