Os piratas que sequestraram um petroleiro tailandês libertaram o navio após roubarem a sua carga naquele que foi o mais recente ataque em águas do Sudeste Asiático, revelou hoje a Agência Marítima Internacional.

O MT Orapin 4, com 14 tripulantes a bordo, chegou ao porto de Sri Racha, na Tailândia, no domingo, indicou o organismo.

O petroleiro perdeu o contacto com o seu proprietário, na passada terça-feira, depois de zarpar de Singapura com destino à Indonésia.