A Tailândia repatriou 68 pescadores tailandeses que estavam a ser explorados, em situações descritas como de escravidão, em barcos no leste da Indonésia, informa hoje a imprensa.

O avião C130 das forças armadas tailandesas aterrou, esta quinta-feira, no aeroporto de Don Muang com os pescadores que foram resgatados das ilhas indonésias de Ambon, Benjina, Dobo e Tuan, onde muitos eram vítimas de tráfico humano, a bordo.

Segundo as autoridades, muitos dos barcos recorriam a pescadores tailandeses, birmaneses e laosianos para pescar ilegalmente.