«A verdadeira beleza é silenciosa. Especialmente nesta cidade, em que é tão difícil não dizer ‘Oh, eu preciso de ser parecer igual aquela. Não. Ser boa pessoa, ser boa mãe, fazer um bom trabalho com o almoço; Deixa até alguém cortar em ti que parece esta com tanta pressa. As pessoas que eu acho mais bonitas são as que não estão tentando ser», afirma Bullock em declarações à «People». 

«Estava a deitá-lo na cama e disse-lhe que mesmo quando estiver mais velha, com o cabelo grisalho e com mais rugas do que agora, vou continuar a amá-lo. Ele perguntou-me porque é que eu tinha rugas e eu respondi ‘Bem, espero que algumas sejam de tanto rir’. Depois ele tocou no meu rosto e disse ‘Não és velha, estás apenas feliz’»

«Tendo em conta que sou saudável e forte e não deixo a minha mente preocupar-se com inseguranças sobre o que não sou, posso olhar para o espelho e gostar do que vejo».

«Muito bem, excelente escolha!» Talentosa, com mais de 50 anos e fabulosa! «E assim que se faz!» escreveu um fã no Facebook da atriz.