Um tribunal do Vietname condenou, esta segunda-feira, à morte 30 traficantes de droga num processo que envolve duas toneladas de heroína e é considerado o maior julgamento de sempre no país. Todos os arguidos são vietnamitas.

«Este foi o maior julgamento no Vietname em termos de número de arguidos, número de sentenças de morte e em quantidade de heroína envolvida», disse o juiz encarregue do caso, citado pela AFP.

O julgamento começou no dia 3 deste mês, na província de Quang Ninh, e decorreu numa prisão, devido ao avultado número de réus.

Dos 89 arguidos foram condenados à pena de morte 21 homens e nove mulheres, que tinham sido presos no ano passado sob várias acusações, acrescenta a BBC. Aos restantes 59 foi atribuída uma pena que pode ir de dois anos a prisão perpétua.

Os investigadores provaram que os acusados pertenciam a quatro cadeias internacionais de tráfico de droga, que partiam do Laos para o Vietname e para a China desde 2006. O paradeiro de um dos líderes da organização continua desconhecido, noticiam os meios de informação estatal.

Conhecido por ser dos países com as leis mais duras sobre drogas, no Vietname qualquer pessoa pode ser condenada à morte se for apanhada com mais de 600 gramas de heroína ou 20 quilos de ópio.

De acordo com a AFP, o «triângulo dourado» constituído pelo Laos, Tailândia e Birmânia era um dos maiores produtores de ópio e de heroína, até ser destronado pelo Afeganistão.