Um rapaz, de 26 anos, foi picado no domingo por uma cobra durante uma viagem de autocarro de Auriflama para General Salgando, em São Paulo, no Brasil.

De acordo com o jornal brasileiro Globo, o homem é administrador de empresas e preferiu não ser identificado. Segundo declarações dadas pelo próprio, o homem apanhou o autocarro às 20:30 em Auriflama e pretendia ir para casa, que se situa em General Salgado.

Durante a viagem o rapaz sentiu uma picada. “Foi um verdadeiro susto. De repente, quase a chegar a General Salgado, senti uma picada no pé. Acendi a lanterna do telemóvel para ver o que era. Quando iluminei o chão, vi uma cobra. Ela tinha um tamanho médio”, explicou o brasileiro.

O homem teve ser levado para a Santa Casa de Votuporanga, onde foi socorrido e internado. Depois de passar por um período de observações, teve alta. Segundo análises médicas, a cobra que picou o homem não é venenosa.

A cobra, que conseguiu picar o homem que usava sapatos fechados, foi capturada pelo condutor do autocarro. O animal, de espécie ainda não identificada, foi colocado dentro de uma garrafa de plástico e foi entregue à polícia ambiental de Votuporanga.

Se ela [a cobra] for de alguma espécie da região, será solta nalguma mata nativa. Mas se não for, será encaminhada para algum centro de reabilitação ou jardim zoológico”, referiu Laércio Ferraz do Amaral, da polícia ambiental.  

A empresa responsável pelo autocarro, Expresso Itamarati, está a fazer os possíveis para perceber como é que o réptil entrou no autocarro e garantiu que é feita uma limpeza constante ao meio de transporte.