A Polícia Rodoviária da Califórnia, nos Estados Unidos, poderá ter de enfrentar uma investigação federal depois de um membro da patrulha ter agredido uma mulher de raça negra que estaria a circular a pé numa estrada movimentada. De acordo com o «Independent», a mulher já tinha sido deitada ao chão quando foi agredida com socos na cara.

O incidente foi gravado por um popular com uma câmara de telemóvel. As imagens captadas mostram o agente a dar socos na cara da mulher. O vídeo foi partilhado no YouTube e já conta com milhares de visualizações.

O caso está a ser investigado pela Polícia da Califórnia, mas vários grupos de ativistas pedem a intervenção federal.

Ao canal «ABC7», a Polícia Radoviária da Califórnia declarou que o agente mandou parar a mulher, temendo pela sua segurança, e que o uso da força aconteceu porque a mulher terá procurado resistir à sua detenção.

David Diaz, que assistiu a tudo e filmou o sucedido, declarou à «CBSLA« que o comportamento do agente foi «excessivo e muito violento».