Um teste de ADN provou que Javier Sánchez é filho de Julio Iglesias. A imprensa espanhola avançou que o resultado do teste indicou 99.9% de hipóteses de Javier ser filho do cantor espanhol com Maria Edite Santos, uma bailarina portuguesa.

Javier Sánchez nasceu em 1976, tem 41 anos e tenta, há mais de 30 anos, que a justiça o reconheça como filho de Julio Iglesias. Foi em Miami que o filho do cantor conseguiu um teste de ADN que comprova a paternidade.

O que prevalece é a prova científica. Juridicamente não importa se o meu cliente nasceu de uma longa relação ou de um encontro de uma noite. Só a prova científica serve e esta deu um resultado de 99,9%. Isto encorajou o meu cliente a começar um processo de paternidade”, explicou Fernando Osuna, advogado de Javier, em declarações ao jornal La Vanguardía.

Neste momento, o caso está em tribunal, para serem analisados o teste de ADN e outros documentos, que servem para conseguir o reconhecimento legal da paternidade.

As desconfianças da paternidade de Javier surgiram em 1992 quando, numa conferência de imprensa, Maria Edite Santos contou que o filho, na altura com 16 anos, fora concebido no dia 19 de julho de 1975, em Sant Feliú de Guíxols (Girona), quando esteve com o artista espanhol. Na altura, Julio Iglesias estava casado com Isabel Preysler.

Maria Edite Santos, inicialmente, solicitou um teste de ADN ao cantor espanhol, mas este terá recusado e recorrido ao tribunal para anular a sentença.

Passados mais de 30 anos, Javier Sánchez conseguiu a prova necessária para poder ser considerado filho de Julio Iglesias, tendo como base o artigo nº 39 da Constituição espanhola, que garante a investigação da paternidade a todas as pessoas.

Se a paternidade for judicialmente reconhecida, Javier será o nono filho do cantor.