A polícia no País Basco deteve este domingo quatro pessoas por terem consigo documentação de forças políticas bascas ilegalizadas, tendo 39 outras sido identificadas por perturbar a ordem em vários incidentes, escreve a Lusa.

O balanço da acção policial foi feito a meio da tarde pela Ertzaintza, a polícia municipal basca, que explicou que as detenções ocorreram em San Sebastian (província de Guipuzcoa) próximo de locais de votação para as eleições regionais que decorrem hoje.

Além das detenções agentes da Ertzaintza identificaram e abriram diligências contra 39 pessoas por perturbações à ordem e por terem provocado incidentes em locais de votação.

Acções de protesto

Em vários casos as pessoas identificadas participaram em acções de protesto no exterior de locais de votação quando se preparavam para votar candidatos de várias forças políticas, entre os quais o líder socialista Patxi López.

Apesar destes pequenos incidentes responsáveis do governo basca destacaram já que a jornada eleitoral está a decorrer em quase normalidade total. As urnas encerram às 20:00 locais, menos uma em Lisboa.