As autoridades venezuelanas confirmaram esta quinta-feira que Robert Serra, deputado do Partido Socialista Unido da Venezuela (PSUV, o partido do Governo), foi assassinado, na passada noite, juntamente com a sua companheira na sua residência, em Caracas.

«O corpo do deputado Robert Serra (...) e da sua companheira foram encontrados há aproximadamente uma hora», disse o ministro do Interior e Justiça venezuelano, Miguel Rodríguez Torres, numa declaração à televisão às 23:30 (05:00 em Lisboa).

«Foram assassinados de forma vil na sua casa», afirmou, indicando não haver ainda indicações sobre o móbil do crime. «O que podemos assegurar é que há uma equipa especializada no local para encontrar os responsáveis por este facto», realçou.