Cerca de 1,200 voluntários e membros das equipas de emergência que trabalharam no rescaldo da tragédia do avião da  Germanwings, que se despenhou nos Alpes franceses, estavam no Estádio de França para assistirem ao jogo amigável entre as seleções da França e da Alemanha, avança a Associated Press.

Um porta-voz da companhia aérea Lufthansa, Helmut Tolksdorf, explicou que o grupo foi convidado pela própria companhia, em conjunto com as federações de futebol da Alemanha e da França, para assistirem ao jogo, como forma de agradecimento pelo trabalho que realizaram em março deste ano.

Ainda segundo  Helmut Tolksdorf, e que seja do seu conhecimento, nenhum dos voluntários presentes no estádio ficou ferido durante os ataques da passada sexta-feira, em Paris, que vitimaram mortalmente 129 pessoas.

Algumas horas antes do encontro entre as seleções, seis dos voluntários, incluindo o presidente da Câmara de Le Vernet, o local mais próximo da tragédia da Germanwings, receberam medalhas de Ordem de Mérito na embaixada alemã, em Paris.

Recorde-se que 150 pessoas perderam a vida no avião da Germanwings, depois do copiloto ter feito o aparelho despenhar nos Alpes franceses.