A polícia encontrou um telemóvel perto do Bataclan que acredita pertencer aos terroristas que mataram 89 pessoas na sala de espetáculos parisiense.
 
A informação foi avançada pela CNN e pela Mediapart e foi entretanto confirmada pela Reuters junto de fonte próxima da investigação.
 
Segundo a mesma fonte, o telemóvel continha uma SMS que dizia apenas “Vamos lá”, indiciando que os três homens estavam a seguir ordens de alguém.
 
As autoridades não sabem qual dos três terroristas que morreram no Bataclan a enviou nem para quem se destinava a mensagem.
 
O telemóvel continha ainda um mapa da sala de espetáculos, o que indicia que os terroristas tinham estado a verificar os seus planos pouco antes do ataque.
 
O aparelho foi encontrado num caixote do lixo perto do Bataclan.

Além dos sete terroristas que morreram na sexta-feira e do suspeito que está em fuga, a polícia francesa estará à procura de um segundo fugitivo.