Um paraquedista caiu a dois mil metros de altura depois de o seu paraquedas se ter enrolado no de um colega durante uma manobra difícil, este domingo, avança o «Huffington Post».

No entanto, uma miraculosa mudança dos eventos fez com que Victor Bryie, de 27 anos, sobrevivesse à queda e fosse levado para o hospital da Flórida, com várias fraturas e um ferimento na cabeça.

De acordo com o xerife do condado de Polk, Bryie e Shaun Philips, do Reino Unido, estavam perto do Aeroporto Municipal de Lake Wales, durante o domingo à tarde, quando saltaram de quatro mil metros e depois se emaranhou no do amigo. Um tornozelo de Phlips ficou preso numa das linhas do paraquedas do amigo.

Depois de ter rodopiado no ar, Philips conseguiu soltar-se, mas Bryie continuou preso nas cordas do seu paraquedas. Enquanto o primeiro amigo conseguiu abrir o seu paraquedas a cerca de mil metros do solo, já o jovem de 27 anos aterrou com um paraquedas semiaberto.

De acordo com o «The Orlando Sentinel», os dois amigos estavam a tentar realizar uma manobra reservada para paraquedistas experientes - que envolve um segurar o paraquedas do outro [Canopy] - quando aconteceu o acidente.