Um bombista suicida fez-se explodir esta segunda-feira junto ao portão de uma escola pública no noroeste do Paquistão, matando um aluno de 14 anos, informaram as autoridades.

O incidente ocorreu na área xiita Ibrahimzai do distrito de Hangu e até à manhã de hoje não tinha sido reivindicado por nenhum grupo.

Hangu faz fronteira com a região tribal de Orakzai, junto ao Afeganistão, uma zona associada aos talibãs e militantes da Al-Qaida e também com um grande historial de violência sectária.