Os marginalizados são os mais capazes de acolher e compreender a mensagem de Jesus, afirmou esta terça-feira o papa Francisco na missa da noite de natal que realizou na Basílica de São Pedro, no Vaticano.

Na missa de natal, que contou com a participação de 30 cardeais e 40 bispos, o papa disse que os pastores foram os primeiros a receber a notícia do nascimento de Cristo porque «estavam entre os últimos, os marginalizados».

A homilia do líder da igreja católica instou ainda os católicos a abrirem os seus corações e a combaterem o espírito das trevas.

«Se o nosso coração está fechado, se estamos dominados pelo orgulho, pela mentira, narcisismo, então as trevas cairão sobre nós», afirmou o papa Francisco.