o Papa disse que o último século ficou marcado por «três tragédias sem precedentes»



«Por isso, quero repetir o apelo para a criação de uma comissão conjunta de historiadores e sublinhar que estamos dispostos a abrir os nossos arquivos. Quero que o Papa não repita este erro e condená-lo».