Uma mãe solteira e o seu novo companheiro são um dos 20 casais que o Papa Francisco casará no domingo na basílica de São Pedro, no Vaticano, informou esta terça-feira o diário italiano La Repubblica.

Segundo o jornal, Gabriella, que há anos foi mãe solteira de uma rapariga, casará com Guido, cuja anterior união foi anulada.

O par, que ronda os 50 anos, foi escolhido pela diocese de Roma para integrar o grupo que Francisco casará, numa cerimónia rara para um Papa, dado que apenas João Paulo II o fez durante o Jubileu da Família em outubro de 2000.

«Não pensávamos que pudéssemos cumprir os requisitos dos casais católicos que as pessoas imaginam», disse a mulher ao jornal, justificando a surpresa com que recebeu a informação de que o próprio Papa os casaria.

Em janeiro, o Papa Francisco batizou 32 crianças, entre as quais a de um casal apenas casado pelo civil.