O papa Francisco reuniu-se durante hora e meia com oito vítimas de abusos cometidos por membros da Igreja irlandesa, no primeiro dia de uma visita à Irlanda, anunciou o Vaticano.

O encontro “com oito vítimas de abusos por parte do clero, de religiosos e institucionais” realizou-se na nunciatura de Dublin ao final da tarde, disse o porta-voz do Vaticano, Greg Burke.

Francisco iniciou hoje uma visita de dois dias à Irlanda para participar no Encontro Mundial das Famílias, ensombrada pela questão dos abusos sexuais de menores e de mulheres por membros da Igreja Católica ou de organizações a ela ligadas.