Enquanto cumprimentava as pessoas na cidade de Morélia, México, o Papa Francisco foi puxado por um grupo de fiéis e quase caiu. Numa rara demonstração de perda de paciência, o pontífice repreendeu os jovens.

Não sejam egoístas, não sejam egoístas!", gritou.

No sábado, o Papa iniciou uma viagem de cinco dias ao México, onde tem apelado ao combate à violência, ao narcotráfico e à desigualdade social. 

Durante a viagem, já esteve na região mais pobre do México, o Estado de Chiapas, e a visita ficou marcada por um momento comovente: a conversa com um rapaz de 14 anos numa cadeira de rodas

A visita do Papa Francisco ao México termina esta quarta-feira, na cidade de Juaréz, conhecida como o centro do narcotráfico e uma das cidades mais perigosas do mundo.