O papa Francisco criticou hoje «um sistema económico que tem no seu centro um ídolo chamado dinheiro», durante um discurso em Cagliari, na Sardenha, onde está a realizar uma visita pastoral.

No discurso, o papa Francisco sublinhou ainda: «Sem trabalho, sem dignidade».

Esta falta de trabalho é «uma consequência de uma escolha global» de um sistema económico em que «é o dinheiro que comanda», acrescentou o papa, dirigindo-se a milhares de pessoas em Cagliari.

O papa Francisco chegou hoje a Cagliari, na ilha italiana da Sardenha, para visitar o santuário de Nossa Senhora de Bonaria, que dá o nome à capital da Argentina, e onde irá cumprimentar um grupo de prisioneiros e ouvir testemunhos de vítimas do drama do desemprego.