Os dois tweets, tal como os outros do Papa, são vistos por cerca de nove milhões de seguidores em nove línguas, destacando-se a espanhola, inglesa e árabe. Contudo, podem ser partilhados pelos utilizadores, o que aumenta o seu alcance.

«O meu coração está profundamente magoado com o que está a acontecer na Síria e angustiado pelos acontecimentos dramáticos que se avizinham», acrescentou o Papa durante a oração dominical do Angelus, refere a AFP.

Esta segunda publicação no Twitter complementa o desejo do Papa em acabar com os conflitos internacionais e procurar uma solução fundada na paz e na discussão pacífica.