logotipo tvi24

Papa Francisco fez um exorcismo, diz canal de televisão

Terá realizado uma oração para libertar um demónio de uma criança doente

Por: tvi24    |   2013-05-20 21:44

O canal TV2000 dos bispos italianos disse esta segunda-feira que o Papa Francisco realizou uma oração para libertar um demónio de uma criança doente, que assistiu à missa de domingo de Pentecostes, na praça de São Pedro, no Vaticano, refere a Lusa.

Esta ação, asseguraram vários especialistas consultados pelo programa «Vade Retro» do canal da Conferência Episcopal Italiana (CEI), revelada na sua página web, aconteceu no final da missa de Pentecostes, quando o Papa se aproximou para cumprimentar um grupo de doentes.

O Papa, sorrindo, aproximou-se de um menino e de um padre que o acompanhava e se apresentou, enquanto lhe dizia algumas palavras que não se conseguiram perceber no vídeo emitido pela televisão dos bispos.

O programa diz que a expressão do Papa mudou inesperadamente e Francisco ficou «pensativo e concentrado, enquanto estendeu as mãos sobre a cabeça do menino, orando intensamente».

Nas imagens vê-se a criança, com o rosto escondido pela TV2000, abrindo a boca à medida que o Papa rezava com as mãos apoiadas à sua frente.

«Os exorcistas que viram as imagens não têm dúvidas: tratou-se de uma oração de libertação de um demónio ou de um exorcismo», disse a TV2000, que dedicará sexta-feira um programa «à batalha do papa Francisco contra o diabo e as suas seduções».

Partilhar
Mais sobre este tema
EM BAIXO: Este Papa é um querido (EPA/Maurizio Brambatti)
Este Papa é um querido (EPA/Maurizio Brambatti)

Manifestação violenta em favela de Copacabana faz pelo menos um morto
Pneus foram queimados para criar barricadas e ouviram-se tiros no bairro da cidade brasileira
Acidente de comboio na RD Congo faz pelo menos 30 mortos
Comboio descarrilou próximo da ponte Katongola, na província de Katanga
EUA vão enviar 600 soldados para a Polónia e países Bálticos
«Desde a agressão da Rússia à Ucrânia, temos estado constantemente a analisar formas de tranquilizar os nossos aliados e parceiros», disse John Kirby
EM MANCHETE
Protestos violentos no Rio de Janeiro
Há registo de pelo menos um morto numa favela de Copacabana em tumulto. Imagens mostram caos a menos de mês e meio do Mundial de Futebol
«Opção do Governo é tornar definitivos os cortes temporários»
«Há limites para o que um Presidente pode dizer»