Papa Francisco fez um exorcismo, diz canal de televisão

Terá realizado uma oração para libertar um demónio de uma criança doente

Por: Redação    |   20 de Maio de 2013 às 21:44
O canal TV2000 dos bispos italianos disse esta segunda-feira que o Papa Francisco realizou uma oração para libertar um demónio de uma criança doente, que assistiu à missa de domingo de Pentecostes, na praça de São Pedro, no Vaticano, refere a Lusa.

Esta ação, asseguraram vários especialistas consultados pelo programa «Vade Retro» do canal da Conferência Episcopal Italiana (CEI), revelada na sua página web, aconteceu no final da missa de Pentecostes, quando o Papa se aproximou para cumprimentar um grupo de doentes.

O Papa, sorrindo, aproximou-se de um menino e de um padre que o acompanhava e se apresentou, enquanto lhe dizia algumas palavras que não se conseguiram perceber no vídeo emitido pela televisão dos bispos.

O programa diz que a expressão do Papa mudou inesperadamente e Francisco ficou «pensativo e concentrado, enquanto estendeu as mãos sobre a cabeça do menino, orando intensamente».

Nas imagens vê-se a criança, com o rosto escondido pela TV2000, abrindo a boca à medida que o Papa rezava com as mãos apoiadas à sua frente.

«Os exorcistas que viram as imagens não têm dúvidas: tratou-se de uma oração de libertação de um demónio ou de um exorcismo», disse a TV2000, que dedicará sexta-feira um programa «à batalha do papa Francisco contra o diabo e as suas seduções».
PUB
Partilhar
EM BAIXO: Este Papa é um querido (EPA/Maurizio Brambatti)
Este Papa é um querido (EPA/Maurizio Brambatti)

COMENTÁRIOS

PUB
Demissão em bloco na urgência do Garcia de Orta

Sete chefes de equipa enviaram carta ao conselho de administração do hospital de Almada. Médicos alegam como motivos da demissão o «agravamento das condições de trabalho», bem como «o risco do ato clínico» e «a segurança dos doentes», que «atingiu um ponto crítico e inaceitável» no serviço de urgência. Duas das oito mortes registadas no início deste ano foram neste hospital