O serviço de segurança interna israelita Shin Bet anunciou este domingo ter detido um palestiniano acusado de recrutar estudantes palestinianos no Egito para receberem treino militar em Gaza, antes de serem enviados para a Cisjordânia.

Originário de Qabatiya, no norte da Cisjordânia, território palestiniano no norte de Israel, Mohammed Nazal, de 33 anos, foi detido em janeiro, no posto fronteiriço da ponte de Allenby, entre a Cisjordânia e a Jordânia, indicou o Shin Beth.

Estudante no Cairo desde 2007, Nazal é suspeito de ter pertencido a uma brigada armada que a agência israelita descreveu como "grupo terrorista" que perpetrou ataques com foguetes contra Israel.