Um camião suspeito que transportava dois palestinianos deixou esta terça-feira o aeroporto de Telavive, o principal de Jerusalém, sob alerta máximo, paralisando todas as operações aéreas e terrestres.

O incidente ocorreu às 03:30 (01:30 em Lisboa) quando um camião passou o controlo de segurança na estrada que dá acesso ao aeroporto de Telavive, tendo sido detido a apenas 200 metros do terminal principal, informou a edição digital do diário Yediot Aharonot.

A segurança do aeroporto decretou o estado de alerta máximo por receio de que se tratasse de um camião explosivo e todos os voos foram cancelados imediatamente durante uma hora.