Um palestiniano foi morto este domingo depois de ter tentado abrir fogo sobre soldados e polícias israelitas que o tentavam deter em Nabi Salah, na Cisjordânia, anunciou o exército israelita.

“As forças (israelitas) confrontaram o suspeito, que tentou abrir fogo contra eles” e “em resposta à ameaça imediata, as forças abriram fogo sobre o atacante, provocando a sua morte”, indica um comunicado militar.

Segundo o The Guardian, que cita o exército israelita, um homem ficou ferido durante o incidente.

Pelo menos 260 palestinianos foram mortos desde que começou a onda de ataques nas ruas de Israel, em 2015.