O Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas (UNHRC, na sigla em inglês) anunciou, esta quarta-feira, que vai fazer uma investigação relativamente aos alegados crimes de guerra cometidos por Israel na ofensiva militar sobre Gaza.

No fim da reunião de emergência para discutir o conflito na Faixa de Gaza, os 47 estados-membros decidiram adotar a resolução que tinha sido pedida pelos palestinianos, com 29 votos a favor, 17 abstenções e um voto contra, dos Estados Unidos.

A comissária das Nações Unidas para os direitos humanos, Navi Pillay, tinha apelado a esta investigação.

O líder do Hamas reforçou esta quarta-feira que rejeita a proposta de cessar-fogo por esta não prever o levantamento do bloqueio imposto ao enclave palestiniano.