A Organização das Nações Unidas (ONU) autorizou esta quinta-feira os palestinianos a hastearem a sua bandeira na sede da ONU, em Nova Iorque.

A Assembleia-geral (AG) da ONU aprovou uma resolução neste sentido, com 119 votos a favor, oito contra, entre os quais EUA e Israel, e 45 abstenções.

Esta votação representa uma vitória diplomática simbólica da campanha pelo reconhecimento do Estado palestiniano.