Guardas israelitas que foram alvo de uma tentativa de ataque de uma palestiniana armada com uma faca, no norte da Cisjordânia ocupada, “neutralizaram” a mulher, disparando na sua direção, indicou o Ministério da Defesa de Israel.

Os guardas de um posto de controlo dispararam tiros para o ar como advertência, depois de terem visto uma palestiniana aproximar-se deles com uma arma branca. De seguida, abriram fogo na sua direção, uma vez que esta se recusou a parar, segundo refere o Ministério da Defesa.

As autoridades israelitas não indicaram, porém, se a mulher ficou ferida ou foi morta.

Durante a noite, o exército israelita lançou um raide aéreo na faixa de Gaza contra o movimento palestiniano Hamas, após o lançamento de um 'rocket' em direção ao sul de Israel, indica um comunicado militar.

“Um ‘rocket’ que foi lançado na noite de domingo a partir da faixa de Gaza contra o conselho regional de Shaar Haneguev não fez feridos. Em resposta, a aviação israelita visou uma posição do Hamas no sul da faixa de Gaza”, refere a mesma nota.

Desde o início do ano, 19 'rockets' foram lançados contra território israelita.