Um palestiniano de 22 anos foi morto, esta madrugada, na sequência de tiros de soldados israelitas no campo de refugiados de Al Amari, no sul de Ramallah, na Cisjordânia, informaram fontes locais.

O jovem foi atingido no peito por soldados durante os confrontos que eclodiram após uma operação de detenções no campo de refugiados, tendo acabado por morrer no hospital, informou a agência Maan.

Uma força militar israelita deteve durante a operação o ativista Alaa Gelaath, alegadamente do Hamas, a qual resvalou em confrontos violentos.