Dezenas de organizações israelitas lançaram hoje uma campanha a pedir a realização de um referendo nacional sobre o futuro de Israel e da Palestina, face ao 50.º aniversário da ocupação dos territórios palestinianos, no próximo ano.

“É tempo para decidir” é o slogan deste novo movimento – intitulado “Decisão a 50” -, que integra antigos trabalhadores no âmbito da segurança, ex-ministros, artistas e ativistas, entre outros, que reclamam uma decisão com um horizonte.

Num comunicado, o grupo anunciou o lançamento de uma grande “a larga escala”, que inclui eventos públicos e ações diretas em todo o país “com o objetivo de recolher assinaturas dos cidadãos de Israel que apoiem no parlamento uma proposta de referendo”.