Três comandantes do braço armado do Hamas morreram hoje num raide da aviação aérea israelita em Rafah, no sul da Faixa de Gaza, anunciou a organização palestiniana.

Em comunicado, citado pela agência AFP, as Brigadas Ezzedine al-Qassam identificaram os três homens como Mohammed Abou Chamala, Raëd al-Atar e Mohammed Barhoum.

O ataque aéreo israelita surge um dia depois de um outro que resultou, segundo as Brigadas, na morte da mulher e de um filha do seu chefe, Mohammed Deif, que continua vivo, segundo informações divulgadas pelo movimento islâmico palestiniano.