O governo israelita aprovou a construção de quase 1200 habitações em colonatos judaicos. A decisão foi conhecida a três dias de serem retomadas as negociações de paz com os palestinianos.

O ministro da Habitação, Uri Ariel, confirmou que quase 800 novos apartamentos vão ser erguidos em bairros de Jerusalém Oriental.

Os restantes 400 estão projetados para colonatos da Cisjordânia.

Negociadores palestinianos já avisaram que esta decisão levanta dúvidas sobre o empenho israelita no processo de paz.

Foi precisamente o tema dos colonatos que levou à interrupção das últimas negociações, em 2010.