De acordo com uma porta-voz da polícia, Luba Samri, o agressor «derramou uma substância desconhecida, que se suspeita ser ácido, numa família judaica».













ministro palestiniano morreu