A amizade entre Owen e Haatchi começou quando a madrasta do menino com doença degenerativa viu a fotografia do animal no Facebook após ter sido salvo da linha de comboio. O animal veio a ser adotado pela família Howkins: ganhou uma nova vida, uma família, um amigo inseparável e um novo nome.

O nome escolhido pela família para o cão, Haatchi, é inspirado na história real de Hachiko, o canino que esperou durante dez anos pelo dono falecido numa estação de comboios japonesa.

Uma história de fidelidade retratada no cinema através do filme «Sempre ao seu lado», com Richard Gere.
Mal sabia a família que estava a começar outra história também ela comoventePortugal emocionou-se com esta história de amizade improvável contada pela TVI.

Ao longo dos últimos 80 anos a história de Hachiko inspirou histórias em todo o mundo.

Todos os dias, Hachiko acompanhava o dono à estação de comboios e, no final do dia, esperava o seu regresso.

O dono, um professor universitário de Tóquio, no Japão, veio a falecer vítima de AVC, mas, o seu fiel amigo continuava a esperá-lo, todos os dias, ao fim da tarde, na mesma estação de comboios, até à sua morte, em março de 1935.

Os passageiros que todos os dias por ali passavam começaram a levar comida para Hachiko. Em setembro de 1932, a história é publicada, pela primeira vez, num jornal japonês e, dois anos depois, é erguida uma estátua em bronze.

Ainda hoje, quase 80 anos depois, todos os anos, a 8 de março, ocorre uma cerimónia solene naquela estação japonesa.