Novos dados divulgados esta segunda-feira sobre o «Caso Roswell» revelam que um avião espia pode ter estado por detrás das visões de OVNIs no Reino Unido.

De acordo com a BBC, o Ministério de Defesa britânico revelou agora documentos que sugerem que por detrás dos avistamentos de OVNIs, na década de 80, pode ter estado o avião espia «Aurora».

Sir Anthony Bagnall, assistente chefe do destacamento aéreo britânico, explicou que a descrição dos testemunhos corresponde às características do OVNI.

Os testemunhos dos voos falavam de um som ensurdecedor que acompanhava o movimento dos objectos que se deslocavam a grande velocidade.

«Objectos voadores nunca antes vistos

O oficial britânico revelou ainda que os testemunhos se referiam a «objectos voadores nunca antes vistos», sublinhando que os arquivos tornados públicos esta segunda-feira falam da possibilidade que estes avistamentos tenham origem nos EUA. No entanto, Bagnall refere que isso é algo «sobre o que não está autorizado a dar mais informações».

O responsável da força aérea adianta ainda que, quando pediu mais explicações sobre o caso, recebeu uma nota que lhe «sugeria» que «abandonasse o caso».

O documento refere ainda que, no mês anterior aos avistamentos, o embaixador dos EUA revelou em Londres a existência do projecto do avião espia «Aurora».

Breve, o diplomático revelou ainda que «esta incomum actividade aérea foi prevista e de qualquer maneira afectou o Reino Unido.