O Ministério Público da África do Sul anunciou esta segunda-feira que vai recorrer da sentença e da pena a que foi condenado Oscar Pistorius, noticia a Reuters.

O atleta foi internado numa ala hospitalar de uma prisão sul-africana após ficar a conhecer a medida da pena. O tribunal decretou cinco anos de prisão para Pistorius – um sexto tem de ser cumprido atrás das grades – pela morte da namorada em 2013.

Pistorius assassinou a modelo na sua casa. A defesa alegou sempre que o atleta desconhecia que se tratava da namorada e que agiu em legítima defesa.

Pistorius receou a prisão perpétua, mas o tribunal condenou-o a apenas cinco anos por considerar que não houve premeditação do crime.