A NATO acredita ter localizado Bin Laden. De acordo com fonte oficial citada pela CNN, o líder terrorista da Al Qaeda e seu adjunto, Ayman al-Zawahiri, encontram-se escondidos a Noroeste do Paquistão, em casas separadas.

Afeganistão em perfil

«Na Al Qaeda não há ninguém a viver em cavernas», garantiu o funcionário da organização à estação televisiva norte-americana, tendo preferido não ser identificado dada a natureza sensível dos meios envolvidos, nomeadamente serviços secretos.

O líder terrorista estará em relativa situação de conforto, debaixo da protecção dos habitantes locais e também dos serviços secretos paquistaneses, acredita a NATO. O Paquistão, contudo, tem negado sempre estar a proteger os membros da Al Qaeda. No entanto, as zonas apontadas são bastante afastadas do poder central paquistanês, onde imperam líderes independentistas.

O funcionário disse à CNN que nos últimos anos Bin Laden tem-se movimentado a partir da região montanhosa de Chitral, no extremo Noroeste do Paquistão, perto da fronteira chinesa, junto ao Vale Kurram, também zona de fronteira com o Afeganistão.

A NATO acredita que Bin Laden se tenha escondido na região de Tora Bora, zona montanhosa de difícil acesso, após a entrada de soldados norte-americanos no Afeganistão em resposta ao ataque de 11 de Setembro de 2001, em Nova Iorque. Tora Bora foi fortemente bombardeada nessa altura, mas acredita-se que o líder terrorista tenha escapado com vida juntamente com Zawahiri.