O número de mortes contabilizadas na Guerra Civil da Síria já ultrapassa os 100 mil. Ban Ki-moon, num encontro com John Kerry, secretário de Estado norte-americano, revelou estes valores.

«Na Síria morreram mais de 100 mil pessoas», disse o secretário-geral da Organização das Nações Unidas. Ban Ki-moon apela ao fim das ações militares violentas provocadas no conflito armado.

A Guerra Civil começou em março de 2011. O balanço da ONU anterior era de pouco mais 93 mil mortos, noticia a Lusa.