O Conselho de Segurança da ONU aprovou hoje, por unanimidade, o envio de cerca de 12 mil «capacetes azuis» para a República Centro-Africana (RCA), país devastado por uma vaga de violência inter-religiosa há mais de um ano.

A resolução, apresentada pela França, autoriza o destacamento de cerca de 10 mil militares e 1.800 agentes de polícia para a antiga colónia francesa, onde a violência intercomunitária e inter-religiosa, entre milícias cristãs e rebeldes muçulmanos, já matou milhares de pessoas desde 2013.

Os cerca de 12 mil «capacetes azuis» vão formar a «MINUSCA» (Missão Multidimensional integrada de estabilização da ONU para a RCA).