logotipo tvi24

Clima: grandes fortunas acusadas de influenciarem negociações

Nos EUA os principais magnatas bloqueiam as políticas ambientais, diz a organização não-governamental FIG

Por: tvi24 / LF    |   2012-12-04 14:15

A organização não-governamental Fórum Internacional sobre a Globalização (FIG) acusou esta terça-feira as grandes fortunas de influenciarem as negociações sobre as alterações climáticas. O exemplo dado foi claro: nos EUA os principais magnatas bloqueiam as políticas ambientais.

«A concentração extrema de poder contribui para o bloqueio das negociações sobre alterações climáticas», disse em conferência de imprensa o diretor executivo do FIG, Victor Menotti, quando apresentava um relatório sobre o tema em Doha, onde até sexta-feira decorre a conferência sobre alterações climáticas da ONU, escreve a Lusa.

No estudo, a ONG acusa os principais milionários norte-americanos de serem responsáveis pelo bloqueio das medidas sobre o clima nos Estados Unidos.

O FIG é uma associação de 60 ativistas, intelectuais, economistas, investigadores e escritores que representam 60 organizações de 25 países e visa chamar a atenção para o problema da globalização económica.

Menotti sublinhou que os «EUA são considerados o maior obstáculo a compromissos multilaterais significativos para reduzir as emissões de gases com efeito de estufa que causam perigosas alterações climáticas».

O relatório refere-se, em particular, aos empresários Charles e David Koch, proprietários do grupo Koch Industries, que têm grande influência na política climática do país e que, segundo FIG, têm contribuído para paralisar as negociações na ONU.

O mesmo estudo explica como os Koch têm contribuído para travar qualquer avanço significativo na política climática dos EUA.

O documento do FIG surge depois de, na conferência do clima do ano passado, a organização ter dado a conhecer as 50 pessoas mais ricas e que mais investem em combustíveis fósseis.

Partilhar
Mais sobre este tema
EM BAIXO: Coração de gelo
Coração de gelo

Ucrânia: Obama acusa Rússia e diz que «haverá consequências»
Presidente norte-americano deixa aviso em visita ao Japão
Paquistão: dez rebeldes mortos em bombardeamento, diz exército
No conflituoso vale de Tirah
Síria: resolução da ONU «violada», ajuda humanitária não melhorou
Acesso da ajuda humanitária na Síria sem melhorias, diz ONU
EM MANCHETE
Queda de muro mata três estudantes
Braga: universitários eram todos caloiros. No momento do acidente, jovens estariam envolvidos numa «guerra de cursos». Feridos já tiveram alta hospitalar
Execução orçamental: défice cai, mas despesa aumenta
Passos quer «fazer a função pública respirar»