O Japão está a ser assolado por uma onda de calor na última semana que já fez cinco mortes e provocou mais de 3.000 hospitalizações.

Grande parte do arquipélago está a ser afetada por temperaturas acima dos 39 graus centígrados, sobretudo em Gunma e Fukushima (centro), acompanhadas por uma humidade superior a 63%, indica a Lusa, citando os media locais. 

Uma combinação que se está a revelar muito problemática para a saúde dos japoneses, sobretudo dos mais velhos. As cinco vítimas mortais eram todas de avançada idade.

Foram hospitalizadas cerca de 3.200 pessoas em todo o país nos últimos oito dias, com sintomas relacionados com as elevadas temperaturas. Metade delas têm idade igual ou superior a 65 anos, segundo dados oficiais citados pela agência Kyodo.